top of page
14157467-307B-4DF7-B52B-3094E677C4E1_edited.jpg

conteúdos originais

Mergulhe em nosso conteúdo especial independente, que tem sido veiculado de forma democrática e livre, sempre na busca de expandir e alargar o mundo com a inspiração do cinema invisível

No Collections Here

Sort your projects into collections. Click on "Manage Collections" to get started

Produções originais CINEMA INVISÍVEL e parcerias
[trailer oficial] Série Resto de Mundo - 1ª TEMPORADA - PROFETISAS
03:29
Cinema Invisível

[trailer oficial] Série Resto de Mundo - 1ª TEMPORADA - PROFETISAS

Três meses antes de uma mudança drástica na rotina de todo o planeta, lá estávamos, no profundo Brasil, nos encontrando com mulheres de força e fé que nos diziam sobre o destino do mundo. Com um tom de revelação e coragem, os sinais surgiam nas vozes dessas visionárias que nos surpreendiam fortemente – hoje entendemos por quê. Assim surgiu Resto de Mundo, a série que vai em busca de respostas para perguntas do futuro. ✅ Serão ao todo 7 episódios que irão ao ar a partir de janeiro de 2021. 👉🏽 É com IMENSA ALEGRIA que escolhemos a primeira lua cheia 🌕 do verão, na virada para o ano UM de nossas vidas, para anunciar oficialmente o nascimento desse RESTO DE MUNDO, que levou exatamente um 1 ano intenso para nascer. 👁👁🌾 A sensação, olhando para toda essa jornada de encontro com mulheres de poder no interior da caatinga baiana, é de que há mais entre o céu, a terra e a câmera que possam ver os nossos olhos - por isso estamos aqui, seguindo o caminho de retratar o que não se vê, mas se sente. São tantas pessoas envolvidas nessa temporada, são tantas dimensões e tantas potências que nem sei por onde começar na estréia de uma Série em que o fim é só o começo. Que a palavra certa se transforme em LUZ, CÂMERA E AÇÃO NO MUNDO! 👉🏽 Compartilhe muuuuito, divulgue muuuuuito, sem moderação! Nosso trabalho é 10000% independente e contamos com a força de vocês para essa jornada chegar no RESTO DE MUNDO INTEIRO. Axé!!! ACOMPANHE TUDO www.instagram.com/cine.invisivel www.cinemainvisivel.com SIGA ESTE CANAL E ACOMPANHE TODAS AS NOTÍCIAS DA SÉRIE!
(trailer) Derradeiro Catimbó - os invisíveis do Velho Chico
01:41
Diego Zanotti

(trailer) Derradeiro Catimbó - os invisíveis do Velho Chico

É com muita alegria que hoje divulgo mais um filho, o primeiro trailer de uma série de pesquisas (🔜em processo ainda) em torno dos mitos brasileiros e suas relações com o contemporâneo, com foco nas narrativas afirmativas e nos direitos humanos. ✔️versão completa aqui no meu canal. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 〰️O primeiro expoente começou em 2015, motivado pelos fluxos do mestrado, em torno das comunidades ribeirinhas do alto São Francisco e as vilas da região do Grande Sertão: Veredas. O assunto dos “Invisíveis” sempre dá pano pra manga e abre nossos olhos pra vida. Atualmente pude visitar a parte baixa do Velho Chico, na região de Alagoas e Sergipe, e tô muito feliz de ver essa pesquisa crescendo e tomando forma. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🔔 Interessados em apoiar e compôr essa jornada, falem comigo! Ajudem a divulgar esse insta e os materiais veiculados nele como forma de expandir o acesso a essas preciosidades do nosso brasilzão! ⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ♥️ O tempo às vezes é o nosso aliado, e venho aprendendo muito sobre a paciência. O meu respeito profundo por esse povo do Profundo, que me transforma em tempo e destino. É uma honra ser aprendiz dessas raízes originárias. Nosso Brasil verdadeiro. Simbora! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Minha gratidão imensa a @felipesaleme @mandica_mb pela genialidade desta trilha sonora incríveeeel! @keyanedias @marianacvcabral @rayamaral2008 pela cumplicidade nessa jornada e, especialmente, a todas as mestras e mestres que protagonizam este filme: Bastú, Licério, Dona Gumercina, Sô Roberto, Dona Ana do Quilombo e Dona Francelina. 🙌🏽🙌🏽🙌🏽🙌🏽
(trailer) Documentário Conversa Fiada por Dinalva Ribeiro e Diego Zanotti
01:04
Diego Zanotti

(trailer) Documentário Conversa Fiada por Dinalva Ribeiro e Diego Zanotti

Sinopse: A história de 15 mulheres fiadeiras deste profundo que encontram no tear o resumo da trama inteira da existência. Mulheres sertanejas e protagonistas de um mergulho pelas questões atuais de igualdade e diversidade de gênero na busca pela potência de ser mulher no mundo de hoje. Fruto de dois anos de pesquisa respaldada pela parceria entre a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), o filme percorre o fio das fiadeiras, tingideiras e tecedeiras do sertão de Minas Gerais, também cenário da saga Grande Sertão: Veredas de Guimarães Rosa. Apresentação: Conversa Fiada surgiu com um foco básico de acompanhar cinco regiões especiais do noroeste de Minas Gerais, no Vale do Urucuia, que sediam as últimas estruturas remanescentes de produção artesanal de fios e peças de puro algodão do Brasil. Ao passo de uma pesquisa prévia de dois anos, respaldada pela parceria entre a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), redescobrimos todo o sentido da "trama" que escolhemos acompanhar. Aparentemente com o foco no tear e na tessitura prática, acabamos encontrando uma colcha inteira já pronta de denúncias históricas no âmbito doméstico contra o poderio machista dos homens sertanejos. Mulheres que decidiram romper o silêncio histórico e opressor ainda vigente para se auto-afirmar verdadeiramente viva e "prazerada" num mundo onde as estruturas de referências dominantes caem por terra - terra esta vermelha, sanguínea, onde brotam os algodões e que adubam o terreno por onde nasce o princípio de toda a potência declarada por elas: o tissume. Conversa Fiada abre e inaugura discussões num ambiente essencialmente feminino de um Brasil profundo e muitas vezes desconhecido. Neste momento atual sócio-político de sensibilização e (r)existência, é mais do que urgente apoiarmos produções que atuam na luta do simbólico, apostando na produção de novas frentes de atuação na vida prática através da arte das narrativas, o cinema documentário. Filmes com uma causa e com uma luta clara (zero entretenimento vazio). Por fim, este filme traz a chance de levar para o mundo a voz e o desabafo, a resignação e a prontidão afirmativa dessas mulheres na busca de si e das melhores condições de vida. É um respeito declarado, um silêncio marcado, e uma narrativa que não apresenta vítimas, mas sim, protagonistas. Assim calamos para que elas falem. Entre em contato conosco: Dinalva Ribeiro - dinalvadr@gmail.com Diego Zanotti - dizpsi@gmail.com / instagram: @diegozanotti / www.diegozanotti.com
DERRADEIRO CATIMBÓ - mistérios do Velho Chico por Diego Zanotti - (pesquisa em andamento)
16:15
Diego Zanotti

DERRADEIRO CATIMBÓ - mistérios do Velho Chico por Diego Zanotti - (pesquisa em andamento)

#documentariobrasileiro Piloto realizado às margens do alto São Francisco em torno das entidades mágicas do Brasil Profundo, na região do Grande Sertão: Veredas, épico livro de Guimarães Rosa. Trata-se do primeiro fruto de uma série de pesquisas (🔜em processo ainda) em torno dos mitos brasileiros e suas relações com o contemporâneo, com foco nas narrativas afirmativas e nos direitos humanos. AJUDEM A DIVULGAR este trabalho! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 〰️O primeiro expoente começou em 2015, motivado pelos fluxos do mestrado, em torno das comunidades ribeirinhas do alto São Francisco e as vilas da região do Grande Sertão: Veredas. O assunto dos “Invisíveis” sempre dá pano pra manga e abre nossos olhos pra vida. Atualmente pude visitar a parte baixa do Velho Chico, na região de Alagoas e Sergipe, e tô muito feliz de ver essa pesquisa crescendo e tomando forma. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🔔 Interessados em apoiar e compôr essa jornada, falem comigo! Ajudem a divulgar esse insta e os materiais veiculados nele como forma de expandir o acesso a essas preciosidades do nosso brasilzão! ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ♥️ O tempo às vezes é o nosso aliado, e venho aprendendo muito sobre a paciência. O meu respeito profundo por esse povo do Profundo, que me transforma em tempo e destino. É uma honra ser aprendiz dessas raízes originárias. Nosso Brasil verdadeiro. Simbora! ⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Minha gratidão imensa a Felipe Saleme, Amanda Martins, Raquel Lara Rezende e Daniel Lovisi pela genialidade desta trilha sonora incríveeeel! @keyanedias @marianacvcabral @rayamaral2008 pela cumplicidade nessa jornada e, especialmente, a todas as mestras e mestres que protagonizam este filme: Bastú, Licério, Dona Gumercina, Sô Roberto, Dona Ana do Quilombo e Dona Francelina. 🙌🏽🙌🏽🙌🏽 ----- Créditos OFICIAIS: - Fotografia, pesquisa e direção: Diego Zanotti. - Trilha Sonora: Música "Mina" - CD EMI OBÁ - AfricaMinas Composição: Daniel Lovisi e Raquel Lara Rezende Lamento africano incidental: Amanda Martins e Felipe Saleme Arranjos: Amanda Martins e Felipe Saleme Intérpretes: David Áquila e Raquel Lara Rezende Violão: Daniel Lovisi Música "Navio" - CD EMI OBÁ - AfricaMinas Composição: Amanda Martins e Felipe Saleme Intérpretes: David Áquila e Felipe Saleme Percurssão: Marcos Languanje Música "Inimigo" - CD EMI OBÁ - AfricaMinas Composição: Amanda Martins, Felipe Saleme e Marcos Languanje Intérpretes: Gilbert Salles Percurssão: Anderson Fofão e Marcos Languanje - Mestras e Mestres: Maria Sebastiana Martins Álvaro (Bastú) - São Romão (MG) Licério Teixeira Da Silva - São Romão (MG) Gumercina Maria Pereira - Sagarana (MG) Sô Roberto do Urucuia - Urucuia (MG) Dona Ana do Quilombo - Quilombo Bom Jardim da Prata - São Francisco (MG) Sô Roberto Da Silva - Sagarana - MG Francelina Pereira dos Santos - São Francisco (MG) - Facilitadoras / Pesquisadoras Raymunda Amaral Keyane Dias Mariana Cabral Cláudia Meireles Ravi & Cosme Gratidão a toda essa constelação de pessoas especiais envolvidas!!
Documentário Conversa Fiada por Dinalva Ribeiro e Diego Zanotti
30:02
Diego Zanotti

Documentário Conversa Fiada por Dinalva Ribeiro e Diego Zanotti

Sinopse: A história de 15 mulheres fiadeiras deste profundo que encontram no tear o resumo da trama inteira da existência. Mulheres sertanejas e protagonistas de um mergulho pelas questões atuais de igualdade e diversidade de gênero na busca pela potência de ser mulher no mundo de hoje. Fruto de dois anos de pesquisa respaldada pela parceria entre a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), o filme percorre o fio das fiadeiras, tingideiras e tecedeiras do sertão de Minas Gerais, também cenário da saga Grande Sertão: Veredas de Guimarães Rosa. Apresentação: Conversa Fiada surgiu com um foco básico de acompanhar cinco regiões especiais do noroeste de Minas Gerais, no Vale do Urucuia, que sediam as últimas estruturas remanescentes de produção artesanal de fios e peças de puro algodão do Brasil. Ao passo de uma pesquisa prévia de dois anos, respaldada pela parceria entre a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), redescobrimos todo o sentido da "trama" que escolhemos acompanhar. Aparentemente com o foco no tear e na tessitura prática, acabamos encontrando uma colcha inteira já pronta de denúncias históricas no âmbito doméstico contra o poderio machista dos homens sertanejos. Mulheres que decidiram romper o silêncio histórico e opressor ainda vigente para se auto-afirmar verdadeiramente viva e "prazerada" num mundo onde as estruturas de referências dominantes caem por terra - terra esta vermelha, sanguínea, onde brotam os algodões e que adubam o terreno por onde nasce o princípio de toda a potência declarada por elas: o tissume. Conversa Fiada abre e inaugura discussões num ambiente essencialmente feminino de um Brasil profundo e muitas vezes desconhecido. Neste momento atual sócio-político de sensibilização e (r)existência, é mais do que urgente apoiarmos produções que atuam na luta do simbólico, apostando na produção de novas frentes de atuação na vida prática através da arte das narrativas, o cinema documentário. Filmes com uma causa e com uma luta clara (zero entretenimento vazio). Por fim, este filme traz a chance de levar para o mundo a voz e o desabafo, a resignação e a prontidão afirmativa dessas mulheres na busca de si e das melhores condições de vida. É um respeito declarado, um silêncio marcado, e uma narrativa que não apresenta vítimas, mas sim, protagonistas. Assim calamos para que elas falem. Entre em contato conosco: Dinalva Ribeiro - dinalvadr@gmail.com Diego Zanotti - dizpsi@gmail.com / instagram: @diegozanotti / www.diegozanotti.com
Trecho - Videodança Mulheres de Linha
00:32
bottom of page