MITOS BRASILEIROS

saberes originários em tempos de crise

MITOS BRASILEIROS é uma arca itinerante que propõe cartografar e compilar narrativas míticas brasileiras, espontâneas, contemporâneas e ancestrais para a criação posterior de uma série cinematográfica especial.
Nossas ações estão baseadas na ética do encontro com foco nos direitos humanos,
a partir de troca de saberes, rodas integrativas, video-cartas e outras iniciativas voluntárias de ponta e ponte.

 

Na nossa primeira temporada em 2020,

sairemos em busca das mulheres
FEITICEIRAS, ANDARILHAS e XAMÃS
do Brasil Profundo.

seta-para-baixo esquerda

qual o propósito?

narrativas afirmativas e mapeamento afetivo

A Mãe D’água do Rio das Cinzas, as feiticeiras xamãs deste profundo, as romarias apocalípticas do sertão catingueiro, a folia das almas no alto São Francisco,  os devotos de Canudos, a sombra do eclipse, a mãe do ouro, o profetismo tupi-guarani, o cumpadre d’água, o corre-fogo, o banditismo messiânico do cangaço, a queda do céu dos Yanomami…

Uma riqueza imensa que encontramos no coração do Brasil e que se apresenta frente ao etnocídio histórico e ainda presente no país, onde há um massacre brutal de uma cultura imposta a outra. Diante disso, uma ficha imensa nos cai, inspirados pelo líder indígena Ailton Krenak, de que o Brasil nem sequer foi descoberto ainda, e que só agora começamos a dar conta de que somos uma sucessão de invasões que se dão até hoje:

“O Brasil é uma invenção” 

Portanto, este projeto propõe cartografar e compilar narrativas míticas brasileiras, espontâneas ou clássicas, particulares ou coletivas, atuais ou ancestrais, como uma arca que leva consigo a semente de uma experiência de mundo única e um tanto reveladora.

por um

cinema de protagonistas

Em nossa itinerância, por um nomadismo com propósito, levamos conosco cinco anos de sementes de experiências em busca de pessoas e culturas capazes de nos oferecer um novo ponto de vista e perspectivas inéditas que nos inspiram saídas inteligentes em tempos de crise. Colocamos aqui o valor das visões originárias de nosso povo, na defesa de que o Brasil não é para ser pensado, mas sim VIVENCIADO, apoiados firmemente na potência reveladora da oralidade e da cultura brasileira manifesta.

Conheça nossos projetos
e ações já realizadas!

Nosso maior gargalo de ações está no campo das práticas integrativas de cultura e consciência, com iniciativas na área da educação, saúde mental e das artes.

seta-para-baixo esquerda

pesquisas e ações sociais
de nossos projetos até hoje - áreas de extensão

Campos e territórios materiais e imateriais já visitados por nossos projetos ou que ainda serão.

seta-para-baixo esquerda

4 regiões

Grande Sertão: Veredas

Rio São Francisco

Florestas

Chapadas

5 anos de pesquisa

+250 horas de gravação

+ 4.500 km percorridos

45 localidades visitadas

23 comunidades tradicionais

25 cidades e capitais brasileiras

5 estados brasileiros

seta-para-baixo esquerda

4 eixos

Os invisíveis

Mitos de origem e fim

Causoística e fé

Feiticeiras e Xamãs

projetos realizados até agora

conheça aqui mais informações sobre nossas ações e imersões realizadas por todo o país

Feiticeiras e Xamãs do Brasil Profundo
Mitos de Origem e Fim
Os Invisíveis: lenda e preconceito no Brasil
Causoísticas e Fé: memórias da transcendência

projetos realizados até agora

conheça aqui mais informações sobre nossas ações e imersões realizadas por todo o país

Feiticeiras e Xamãs do Brasil Profundo
Mitos de Origem e Fim
Os Invisíveis: lenda e preconceito no Brasil
Causoísticas e Fé: memórias da transcendência

quem está por trás da iniciativa

DIEGO ZANOTTI é psicólogo transcultural e Mestre em Artes, Culturas e Linguagens, na linha de pesquisa em Cinema e Audiovisual, pela UFJF-MG. Atualmente, circula por jornadas híbridas entre o cinema, fotografia e processos integrativos de consciência, a partir de projetos que desenvolvam encontros de culturas e subjetividades. Após um mergulho etnográfico de alguns anos por comunidades quilombolas, indígenas, sertanejas, quíchuas e culturas de países latinos, Diego Zanotti deu início a uma pesquisa prática em torno das tecnologias ancestrais e contemporâneas de comunicação e presença, tomando como principal ferramenta o cinema como trabalho imersivo nas narrativas vivenciais.

precisamos somar
estruturas , forças e habilidades!

chamada aberta para apoiadores
e equipe!
INSCREVA-SE

seta-para-baixo esquerda

Espaço para cadastro em nossa rede!

parceiros e patrocinadores conscientes
que já estiveram com a gente!

nossa rede de apoio só aumenta, aqui você pode conhecer algumas marcas que estão ou já estiveram com a gente apoiando alguma imersão ou pesquisa.