[az_blank_divider height_value=”8″]
[az_slider_images az_images_gallery=”2086,2078,2085,2079″]
[az_blank_divider height_value=”150″][az_column_text]MULHERES XAMÃS DO BRASIL PROFUNDO De várias descrições que vivenciei de muitos mestres e mestras nesse um ano de pesquisa e imersão no sertão profundo, uma delas parece clarear a atmosfera do filme. Mestra Bastú, da comunidade de São Romão, havia resumido o mistério das várias interpretações do mundo na figura[/az_column_text][az_button button_text=”MERGULHE” button_alignment=”textaligncenter” button_link_target=”_blank” button_colors_mode=”custom-btn-color” icon_mode=”yes-icon” icon_alice=”font-icon-flag” button_master_color_hover=”rgba(135,12,4,0.01)” button_master_color=”#9e2824″ button_master_color_text=”#e2e2e2″ button_link_url=”http://www.diegozanotti.com/2018/04/25/assim-com-fio-o-filme/” button_master_color_hover_text=”#dd3333″]
[az_blank_divider height_value=”40″]
[az_slider_images az_images_gallery=”1723,1835,1798″]
[az_blank_divider height_value=”110″][az_column_text]

VÃO DAS ALMAS – QUILOMBO DOS KALUNGAS  …porque uma dose de fábula kalunga não faz mal a nenhum destino. Em tempos de luta, revoluções, involuções e vômitos pelos cantos do país, há o brandão da reza-forte, do batuque das mulheres, do canto dos Reis, do terço-amuleto, da cruz cravada no céu pedindo chuva, das parteiras, dos curandeiros, do rasgo das enxadas […]

[/az_column_text][az_button button_alignment=”textalignleft” button_link_target=”_blank” button_colors_mode=”custom-btn-color” icon_mode=”yes-icon” icon_type=”az_steadyicons” icon_az_steadyicons=”steadyicons-enter” button_master_color_hover=”rgba(135,12,4,0.01)” button_master_color=”#9e2824″ button_master_color_text=”#e2e2e2″ button_link_url=”http://www.diegozanotti.com/2016/12/09/vao-das-almas-territorio-kalunga/” button_master_color_hover_text=”#dd3333″]

[az_blank_divider height_value=”40″]
[az_slider_images az_images_gallery=”1808,1775,1806,1696″ el_class=”teste”]
[az_blank_divider height_value=”120″][az_column_text]

GERAIS DA PEDRA É UM FILME SOBRE ENCANTAMENTO. Tem como premissa básica vivenciar a reverberação do livro Grande Sertão: Veredas nos lugares onde a história narrada por João Guimarães Rosa se confunde com as próprias histórias locais, entre citações reais ou criações ficcionais e as suas relações com o povo geraizeiro do norte de Minas Gerais […]

[/az_column_text][az_button button_alignment=”textalignleft” button_link_target=”_blank” button_colors_mode=”custom-btn-color” icon_mode=”yes-icon” icon_type=”az_steadyicons” icon_az_steadyicons=”steadyicons-enter” button_master_color_hover=”rgba(135,12,4,0.01)” button_master_color=”#9e2824″ button_master_color_text=”#e2e2e2″ button_link_url=”http://www.diegozanotti.com/2017/05/15/gerais-da-pedra-o-filme/” button_master_color_hover_text=”#dd3333″]

[az_blank_divider height_value=”40″]
[az_slider_images az_images_gallery=”1747″ el_class=”teste”]
[az_blank_divider height_value=”70″][az_column_text]

O CANTO DAS KAYAPÓS Por vezes eu pensei que era um encontro impossível. Não por falta de vontade ou de presença, mas porque havia ali uma força pouco natural, meio forçada, que vinha de mim e das circunstâncias de um provável choque cultural. Perguntei-me algumas vezes se eu queria mesmo estar com elas. Perguntei também se meu deslumbre queria mesmo ficar intacto, sem o toque de realidade, porque era quase melhor ficar nessa distância, escutando-as ao longe, à noite ou no trabalho dos cânticos sagrados da madrugada […]

[/az_column_text][az_button button_alignment=”textalignleft” button_link_target=”_blank” button_colors_mode=”custom-btn-color” icon_mode=”yes-icon” icon_type=”az_steadyicons” icon_az_steadyicons=”steadyicons-enter” button_master_color_hover=”rgba(135,12,4,0.01)” button_master_color=”#9e2824″ button_master_color_text=”#e2e2e2″ button_link_url=”http://www.diegozanotti.com/2016/08/12/o-canto-das-kayapos/” button_master_color_hover_text=”#dd3333″]

[az_blank_divider height_value=”40″]
[az_slider_images az_images_gallery=”3304,3294,3293,3298,3303,3305,3301,3295,3302″ el_class=”teste”]
[az_blank_divider height_value=”70″][az_column_text]

RITUALÍSTICA ANDINA – PERU Pesquisa em andamento em torno dos povos indígenas da América do Sul, especialmente as comunidades quéchua tradicionais do Peru (Runakuna ou Nunakuna), com foco nos rituais e expressões culturais/ metafísicas que alargam as relações com o mundo natural e sobrenatural . Tal jornada se iniciou em julho de 2014, a partir de uma peregrinação pelas regiões sul e central do país, destacando especialmente as comunidades quíchuas localizadas próximo a algumas trilhas incas alternativas, bordejadas pelo Vale do Rio Urubamba, pelo monte Salkantay, Umantay e a região sagrada de Machu Picchu.

[/az_column_text][az_button button_alignment=”textalignleft” button_link_target=”_blank” button_colors_mode=”custom-btn-color” icon_mode=”yes-icon” icon_type=”az_steadyicons” icon_az_steadyicons=”steadyicons-enter” button_master_color_hover=”rgba(135,12,4,0.01)” button_master_color=”#9e2824″ button_master_color_text=”#e2e2e2″ button_link_url=”http://www.diegozanotti.com/2015/08/27/pachamama/” button_master_color_hover_text=”#dd3333″]

[az_blank_divider height_value=”40″]
[az_slider_images az_images_gallery=”3288,3280,3286,3282,3290,3291,3281,3284,3289,3285,3283″ el_class=”teste”]
[az_blank_divider height_value=”70″][az_column_text]

CUBA – CARIBE – ILHA CAIO GRAMMA (2007) Na Vila Caio Gramma, uma ilha ao leste do país, descobri uma revolução dentro da outra. Antes, local de mansões habitadas pela alta classe norte-americana agora é tomada pelo povo, por sua diversidade e por histórias marcadas no próprio rosto de cada um que habita aquele espaço. Este ensaio deu origem a exposição Cine-grafias da Subjetividade, no I Colóquio de Cultura e Produção de Subjetividade da Universidade Federal de Juiz de Fora (2009).

[/az_column_text][az_button button_alignment=”textalignleft” button_link_target=”_blank” button_colors_mode=”custom-btn-color” icon_mode=”yes-icon” icon_type=”az_steadyicons” icon_az_steadyicons=”steadyicons-enter” button_master_color_hover=”rgba(135,12,4,0.01)” button_master_color=”#9e2824″ button_master_color_text=”#e2e2e2″ button_master_color_hover_text=”#dd3333″]